MixTape da Semana #08


Começando com Fela Kuti e terminando com Ratos de Porão, misturando The Specials com Neck Deep e Bishops Green: essa é mais uma MixTape da Semana. Não tão plural quanto eu gostaria, pois quase tudo tem ligação com o punk rock, mas serve de lição para as próximas semanas. Espero que vocês possam curtir essa seleção.



Fela Kuti - Zombie
Continuando a minha jornada pelos 1001 Discos Para Ouvir Antes de Morrer, eu comecei a semana escutando Zombie (1976) do Fela Kuti. Um grande desafio para mim, pois o álbum original só tem duas músicas e ambas passam dos 10 minutos. Contudo, é um instrumental incrível e nunca tinha me aproximado da música africana. O disco é ótimo e cheio de referências políticas nigerianas, mas Zombie me fez descobrir a influência de uma outra música...

Criolo - Bogotá
Bogotá é minha música preferida do Criolo, mas foi ao ouvir Zombie do Fela Kuti que entendi toda a sua referência instrumental e melódica. O ritmo da bateria e os instrumentos de sopro são bastante semelhantes, resultando em uma ótima homenagem ao musico africano. Enfim, passei a gostar ainda mais da música.

The Specials - Fearful
Recentemente ouvi a edição expandida do disco Guilty 'Til Proved Innocents (1998) do The Specials. Ao escutar Fearful, logo de cara identifiquei os vocais roucos do Tim Armstrong, vocalista do Rancid. A faixa também é bem interessante, assim como todo o álbum, por isso eu inclui aqui.

Real Friends - Mess
Como de costume, a banda escolhida para eu dar uma repassada na discografia foi o Real Friends. E de todas as músicas, eu tenho um "amorzinho" por Mess. Algumas partes da letra lembram algumas coisas difíceis que passei nos últimos anos, mas que serviram para me fazer crescer.

Neck Deep - The Grand Delusion
E no mesmo clima de Mess, escolhi The Grand Delusion do Neck Deep. O show deles está se aproximando e recentemente recebi o CD e LP do The Peace and The Panic, um dos meus discos favoritos de 2017. E essa música me toca bastante, sei que a letra é um tanto depressiva, mas foi como me senti uma grande parte do ano passado.

Shileper High - Turn Off the Radio
Uma das minhas bandas favoritas de pop punk nacional, o Shileper High lançou um novo EP faz poucos dias. Uma parte do trabalho são regravações, mas tem Turn Off the Radio que dá nome ao EP. Gostei muito da música, aquela energia do "punk class of '94". Espero que a banda volte a produzi coisas novas.

The Menzingers - I Don't Wanna Be An Asshole Anymore
Outra banda que repassei as discografia nesta semana foi o The Menzingers. Essa é uma banda que gostaria muito de vê-los ao vivo. Tem um instrumental incrível, além de letras bem criativas e diretas como I Don't Wanna Be An Asshole Anymore.

Bad Cop/Bad Cop - Retrograde
Uma grande parte da trilha sonora das minhas viagens pelo transporte publico durante a semana foi a discografia do Bad Cop/Bad Cop. Essas gurias são incríveis, tem uma energia enorme dentro do estúdio. Retrograde faz parte do excelente, bem politizado e feministas Warriors, outro disco que ouvi bastante o ano passado e está entre os meus favoritos de 2017.

Bishops Green - Groos and Net
Essa semana, eu ouvi a reprise do programa Semper Adversus sobre a coletânea Oi Ain't Dead e os canadenses do Bishops Green me chamou atenção. Essa foi a minha descoberta da semana, curti bastante os dois álbuns, bem pesados e cheio de qualidade.

Ratos de Porão - Homem Inimigo do Homem
Na sexta-feira (23), eu fui assistir Ratos de Porão junto com meu tio/padrinho. E durante a semana ouvi bastante o disco Vivo (1992), ao mesmo tempo em que "avançava" para escutar Homem Inimigo do Homem (2008). Esse álbum eu piro bastante, desde as músicas, instrumental e a arte do disco. PS: E eles tocaram as minhas favoritas desse disco na apresentação.

Postagens mais visitadas deste blog

Review: Armada - Bandeira Negra

MixTape da Semana #04