MixTape #23 - Missing Home


Há alguns meses que estou vivendo meio que uma vida nômade e passando maior parte do tempo longe de Santos. Sempre disse que além dos amigos e família, o que mais sentiria falta era das bandas "caiçaras". Por isso criei essa playlist com algumas das coisas que mais escuto da minha "prainha".

PS: Não tem Charlie Brown Jr.



The Bombers - All About Love
Provavelmente, a primeira banda "independente" santista que conheci. No começo, eu gostava da mistura do punk rock com ska, como um Rancid caiçara. Depois continuei admirando pela forma que eles passeiam por outros estilos, mas sem perder a identidade. Sem contar letras incríveis como All About Love.

Thirteen Brotherhood - Another Sunny Day
End of the Highway foi uma das trilhas sonoras de 2016. São letras reais e ao mesmo tempo poéticas Alem de instrumentais incríveis que dá vontade de sair dirigindo pelas estradas dentro de um carro lowrider. Se o The Bombers é o Rancid, o Thirteen Brotherhood é o Social Distortion caiçara.

Navy Blue - A Song for an Old Friend
É obvio que tinha que ter uma banda de pop punk nessa lista. E a Navy Blue é uma das melhores representantes do gênero lá na Baixada Santista. Eles só lançaram um EP, mas já estou na expectativa de novas músicas. Vale a pena conhecê-los.

Garage Fuzz - Dear Cinnamon Tea
Garage Fuzz é uma banda que foi a trilha sonora de alguns momentos legais da minha vida. Gosto bastante dos instrumentais que eles constroem. Conseguem criar arranjos que são agressivos e melódicos ao mesmo tempo. Dear Cinnamon Tea é uma das canções que me chamam atenção também pela letra.

Bayside Kings - Bigger Than Me and You
Assisti alguns shows do Bayside Kings e foi a energia deles ao vivo que me fizeram gostar da banda. Os álbuns também são incríveis, sem contar o cuidado que eles possuem com o material físico. O estilo PMA das canções foram importantes em diversas fases da minha vida. Então, por isso eles estão aqui.

Surra - Cubathrash
O Surra é uma das poucas bandas politizadas que costumam aparecer nas minhas playlists. Acho fantásticas as letras junto com o instrumental agressivo. E eu nem sou tão fã de crossover assim. Curioso que as visões politicas batem muito com as minhas. Recomendo a todos que vejam um show deles e decorem a letra para cantar Cubathrash.

Analisando Sara - Farol
Uma das bandas que mais fazem falta na cena santista. Realmente piro e viajo nas músicas do Analisando Sara. Letras bem escritas, instrumentais bem elaborados e músicos muito gente boa. Farol é uma das canções que acho completíssima em letra em instrumental.

Depois da Tempestade - Infinita Maré
Como "herdeiros" do rock alternativo do Analisando Sara, Depois da Tempestade é uma banda que admiro bastante o trabalho e a evolução deles como músicos. Apesar do disco Multiverso (2017) ser incrível, tenho uma simpatia por Infinita Maré, a última faixa do EP Mutáv3l (2015). Outra banda que me faz viajar quando escuto.

Postagens mais visitadas deste blog

Review: Armada - Bandeira Negra

MixTape da Semana #08

MixTape da Semana #04